domingo, 23 de novembro de 2008

Reflita

Uma era impulsiva, enquanto a outra se desculpava
Uma queria beijá-lo, outra se acanhava
Uma seguia regras, a outra as quebrava
Uma se enquadrava, a outra odiava

Uma se sentia sufocada, outra se surpreendia
Uma era educada, a outra revoltada e vive de boêmia
Uma pensava no futuro e a outra vivia com intensidade
Uma era hipocrisia, a outra sinceridade.

Uma se dizia resistente, a outra se apaixonava
Uma procurava companhia, a outra se sentia cansada
Uma dormia tarde, a outra acordava cedo
Uma pensava em se vingar, a outra tinha medo

Uma tenta novamente, a outra se decepciona
Uma é uma jovem moderna, a outra é cafona
Uma quer afeição física, a outra sensibilidade

Uma é reflexo e a outra possibilidade

Um comentário:

Ma disse...

olá, li teu texto, através dos links do christian.
tive que comentar, porque achei muito querido a maneira que fizeste as comparações.. e engraçadíssimo na parte do " cafona"

adorei!!

um beijo;
Ma.